Termos usados

Antes de tudo, quero dizer que este capítulo não é fundamental para o aprendizado da língua. Mas se às vezes você quiser consultá-lo, as deduções para melhor assimilação das estruturas virão mais facilmente. Aqui vai o básico do básico.

Adjetivos
Advérbios
Artigos
Infinitivos
Objetos
Preposições
Substantivos
Sujeito
Verbos
Verbos Transitivos Diretos e Indiretos


Adjetivos

Adjetivo é a qualidade de um substantivo:

- Carro novo, mesa alta.

Advérbios

O advérbio fala algo sobre o verbo:

- O Alan ensina inglês bem.

 

Substantivos

Pense em qualquer palavra que você possa colocar 'a' ou 'o' na frente. Pronto, aí está um substantivo: 

A mesa, o carro.

Sujeito

O sujeito é alguém que faz alguma coisa:

- O Alan ensina inglês.


Artigos

Usamos um artigo para nos referirmos a um substantivo ou a um sujeito:
Os artigos podem ser:

Definidos: 'o', 'a', 'os' 'as'. São definidos porque são específicos:

- A casa que você comprou é grande.

Indefinidos:

- Pode me alcançar um copo? 
Nesse caso, pode ser qualquer copo, não 'o' copo, que seria definido.
Os artigos indefinidos podem ser: 'um', 'uma', 'uns', 'umas'.

Infinitivos

Quando os verbos em português terminam em 'r', dizemos que eles estão no infinitivo. Em inglês, usamos a partícula 'to' para este fim.

Ir = to go

Objetos

Alguns verbos possuem um objeto:
- Eu vi um morcego.
Quem vê, vê algo, e este algo é o objeto.
- Cães latem. 
Nesse caso não precisamos dizer mais nada, não precisamos de um objeto, a mensagem é completa.
(Os pronomes oblíquos - Objects pronouns: me, him, her etc. - são objetos).

Preposições

As preposições são inúmeras, estabelecem relação entre palavras, uma ponte entre uma coisa e outra.

- Eu gosto de maçã.
- Eu estou falando sobre preposições.
- Ele está indo para São Paulo.

Verbos

O verbo é o que o sujeito faz:

- O Alan ensina inglês.

Verbos Transitivos e Intransitivos (definitivamente você não precisa saber sobre verbos transitivos e intransitivos para aprender inglês. Mas siga a leitura, se lhe interessar aprender sobre eles).

Quando um verbo precisa de um complemento - de um trânsito depois dele - dizemos que ele é um Verbo Transitivo, como o verbo morar:

Se eu disser 'Ele mora' você não vai entender minha mensagem, pois 'ele mora' não é uma mensagem completa. Nesse caso você precisa usar um complemento, um objeto: Ele mora com os pais.

Os Verbos Intransitivos não precisam de um complemento, não precisam de um trânsito, um objeto depois deles: Cães latem.

O verbo pode ser Transitivo Direto, isto é, não há uma preposição entre ele e o objeto:
Ele ama Maria. Amar, aqui, é um Verbo Transitivo Direto.
Mas repare:
Eu gosto de maçã.
Repare na preposição 'de' entre o verbo e o substantivo. Portanto, gostar, aqui, é um Verbo 
Transitivo Indireto
, eu preciso de uma ponte, de uma preposição para ligá-lo ao objeto.

Para ilustrar, vejam o verbo escutar em inglês: Listen to me.
Em português: Escutem-me.

Reparem que em inglês o verbo é indireto, pede a preposição to, enquanto que no português o verbo é direto, não dizemos escutem a mim.





 

 

Professor particular de inglês em Curitiba