Para aprender inglês sozinho você precisa:

 

a) conhecer todos os quinze verbos auxiliares do inglês

b) praticar os verbos auxiliares

c) estudar a gramática inglesa

d) praticar a gramática

e) adquirir vocabulário

f) aprender as expressões idiomáticas

g) dominar as três colunas dos verbos irregulares

h) aprender a pronunciar

i) escrever em inglês

j) aprender a consultar um dicionário

 

      Seguindo os passos abaixo à risca, você dominará o idioma inglês em um curto espaço de tempo. Você pode falar o básico em um período de três meses a um ano, dependendo de quanto tempo você decida investir no aprendizado.

 

a) Conhecer todos os quinze verbos auxiliares do inglês

 

Quando um estrangeiro está aprendendo o português, sua prioridade é aprender a conjugar os verbos em português, isto é, ele se preocupa em aprender a falar no presente, no passado, no futuro, no condicional e em todos os outros tempos verbais nos modos do indicativo e do subjuntivo, exatamente como fazemos em nossos estudos fundamentais, na escola primária. Aprender os verbos auxiliares do inglês equivale a aprender a conjugar os verbos portugueses em todos os tempos verbais. Existem cinco verbos auxiliares simples e dez verbos auxiliares modais a serem estudados durante o aprendizado da língua inglesa. Aprender o inglês sem passar pelos verbos auxiliares é como estudar música sem dominar as notas fundamentais. Você encontrará vasto material sobre os verbos auxiliares em www.alanyuri.com.

 

Para se ter uma ideia da importância desses verbos auxiliares, saiba que é impossível fazermos uma pergunta sem usar um destes verbos: (Do you...? - o verbo auxiliar Do usado para fazermos perguntas no presente; Did you...? - o verbo auxiliar Did usado para fazermos perguntas no passado; Would you...? - o verbo auxiliar Would usado para fazermos perguntas no futuro do passado); saiba também que não é possível fazermos uma frase negativa sem usarmos um destes verbos: (I don't... - o verbo auxiliar Do usado para fazermos uma frase negativa no presente; I didn't... - o verbo auxiliar Did usado para fazermos uma frase negativa no passado; I wouldn't... - o verbo auxiliar Would usado para fazermos uma frase negativa no futuro do passado). Todos estes verbos auxiliares podem aparecer em frases afirmativas.

 

Além do fato de estes verbos auxiliares formarem os tempos verbais da língua inglesa em frases afirmativas e interrogativas, como explicado no parágrafo anterior, eles expressam ideias que os verbos simples não são capazes de fazer. Por exemplo, o verbo 'beber' em inglês é to drink. 'To drink' significa beber, pura e simplesmente 'beber', um ato. Vejam o que alguns verbos auxiliares modais significam: Can, poder físico e mental; Must, obrigação pessoal; May expressa permissão de maneira formal.

 

Em www.alanyuri.com você encontrará suficiente material para dominar os verbos auxiliares do inglês.

 

b) praticar os verbos auxiliares

 

Pratique os quinze verbos auxiliares, pois eles lhe capacitarão para conversar fluentemente em todos os tempos verbais, principalmente nos tempos compostos, onde você às vezes precisará usar mais que um verbo auxiliar. Em www.alanyuri.com, você encontrará uma seção exclusivamente elaborada para a prática oral dos verbos auxiliares.

 

c) estudar a gramática inglesa

 

Estudar gramática automaticamente encurtará o tempo que você levará para aprender o idioma. Aprender gramática significa aprender todas as palavras e estruturas que formam a base da língua. Se você têm essa base bem estruturada, você precisará apenas aprender vocabulário para ser fluente no idioma. Mas o que é a gramática, exatamente? Veja, quando você aprende que 'table' é mesa em inglês, você apenas tem uma palavra a mais no seu vocabulário. Porém, quando você aprende a palavra 'little', por exemplo, você não está aprendendo apenas mais um vocábulo, pela razão de que 'little' modifica todos os substantivos da língua. A little table: uma mesinha, a little car: um carrinho etc. Um outro exemplo, com a palavra 'few'. 'Few' quer dizer poucos, poucas: Few tables: poucas mesas; Few cars: poucos carros. A gramática ainda vai lhe ensinar que 'a little' significa 'um pouco' e 'a few' significa 'alguns'.

Estudar gramática, portanto, é aprender o essencial primeiro, é aprender algumas palavras que serão usadas com todas as outras palavras da língua, além de estruturas fundamentais. Em www.alanyuri.com você encontrará toda a gramática da língua inglesa em vídeos.

d) praticar a gramática

 

De uma maneira ou de outra, você terá que praticar sua gramática até que ela fique muito sólida para lhe dar total confiança nas conversações. Encontre um recurso que lhe possibilite uma prática constante de tudo aquilo que você aprendeu teoricamente. Você pode contratar o professor Alan Yuri pelo seu canal na internet, www.alanyuri.com.

 

e) adquirir vocabulário

 

Você deve ter uma fonte que lhe abasteça de vocabulário. A gramática é finita, você um dia a dominará por completo. O vocabulário, por sua vez, é infinito. Portanto, colecionar palavras novas é uma atividade que você terá que desempenhar para sempre, dia após dia, e tentar usá-lo com seus amigos ou em aulas particulares. O professor Alan tem em seu Google Drive centenas de livros de leitura facilitada com áudio para seu uso.

 

f) aprender as expressões idiomáticas

 

Da mesma forma que você quer aumentar seu vocabulário a cada dia, você deverá também colecionar expressões idiomáticas. Expressões idiomáticas são uma maneira diferente que cada povo usa para expressar determinadas ideias, coisas que não podemos apenas traduzir, pois, muitas vezes, frases que fazem sentido para um povo não significam absolutamente nada para outro. Um exemplo clássico para definir uma expressão idiomática é quando queremos perguntar a idade de alguém em inglês; perguntamos: Como velho é você?: 'How old are you?'. Se traduzirmos a pergunta literalmente do português para o inglês, o falante nativo não nos compreenderá, pois a pergunta 'Quantos anos você tem?' não faz parte de sua cultura, não é a forma usada por aquele povo quando perguntam a idade de alguém. No site www.alanyuri.com você encontrará um grande número de expressões idiomáticas em vídeos narrados pelo professor Alan.

 

g) dominar as três colunas dos verbos irregulares

 

Existem em inglês, como no português, os verbos irregulares. Faça o quanto puder de exercícios que trabalhem esse tipo de verbo. Muita leitura também é aconselhável para que você rapidamente assimile todos os verbos irregulares. Os mais importantes não passam de duzentos. Para o leitor de nível avançado, a lista é maior. Você encontrará listas interativas de verbos irregulares em inglês nos níveis básico, intermediário e avançado no site www.alanyuri.com.

 

h) aprender a pronunciar

 

Embora não haja regras gerais para a emissão dos sons em inglês, é possível dominar sons básicos de letras ou conjunto de letras que seguem um determinado padrão. Existem vários dicionários online nos quais você pode ouvir o som da palavra buscada. Recomendo também que você consulte palavras das quais você já conheça muito bem a pronúncia, de maneira que você possa aprender os símbolos fonéticos que representam os diferentes sons existentes na língua inglesa. Sugiro que você leia livros com leitura facilitada com áudio disponíveis em www.alanyuri.com. Leia também esses livros em voz alta, grave sua voz e compare com o áudio original.

 

i) escrever em inglês

 

Uma excelente maneira de fixar novos vocábulos e novas estruturas é escrevendo tudo que lhe é novo, repetidamente, até que você não mais precise pensar para usar esta ou aquela estrutura. Você quer falar sem pensar, e isso só será possível através da prática, isto é através da repetição. Portanto, repita, repita, repita...

 

j) aprender a consultar um dicionário

 

Identificar a classe gramatical de uma palavra, isto é, saber se a palavra a ser consultada é um substantivo, um adjetivo, um advérbio etc., acelera o aprendizado e torna a tarefa de consultar vocábulos em um dicionário uma ato prazeroso. No site www.alanyuri.com existe uma página dedicada a este tópico. Vá em termos usados na seção básica do referido website.

Professor particular de inglês em Curitiba